“Disse-lhe a mulher: Senhor, tu não tens com que a tirar, e o poço é fundo; onde, pois, tens a água viva? És tu maior do que o nosso pai Jacó, que nos deu o poço, bebendo ele próprio dele, e os seus filhos, e o seu gado?

Jesus respondeu, e disse-lhe: Qualquer que beber desta água tornará a ter sede; Mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que salte para a vida eterna.” Jo 4:11-14

Que maravilhosas palavras de Jesus a essa samaritana! Jesus nos ensina, mais uma vez, que o evangelho se baseia unicamente no amor ao próximo, no anúncio das maravilhas que o nosso Pai pode fazer por nós e na busca total a Ele, pois todo o suprimento será encontrado nEle.

O primeiro ensinamento deixado para nós por Jesus é que nós só iremos nos saciar quando buscarmos realmente nossa fonte de água viva. Nada nesse mundo em que vivemos pode nos dar tanta saciedade. Podemos conseguir encher nossos vazios com outras coisas que nos são oferecidas. Mas esse vazio tapado é apenas passageiro, e logo estaremos novamente procurando aquela peça exata para o nosso vazio. Essa peça é Deus. Nada pode nos saciar como o seu amor, sua graça, sua misericórdia. Alegrias passageiras sempre surgirão, mas esse vazio sempre virá a tona. Pois não há ninguém que esteja completo sem encher esse vazio com a graça do Pai.

O segundo ponto que pode ser visto é o amor de Jesus, independentemente de qualquer classificação ou diferença entre as pessoas. No contexto, vemos que Judeus e Samaritanos não se comunicam. Porém, Jesus, judeu, oferece ajuda a uma Samaritana. Isso nos deixa por ensinamento que, além de amarmos nossos amigos, e querermos mostrar a eles o amor do Pai por nós, devemos fazer o mesmo com nossos inimigos. A grande virtude está em amar os seus inimigos. E, além dos inimigos, as pessoas diferentes de você. Classe social, cor, raça… Nada pode servir como impedimento para que se espalhe a palavra de Deus. Todos merecem beber da fonte de água viva! “Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo, e odiarás o teu inimigo. Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus;” Mt 5 43-44

Outro ponto interessante é sobre algo que nos impede de cumprir o evangelho. O que posso oferecer? Muitas vezes isso surge como obstáculo para o não cumprimento da palavra. Agora, diga-me. o que Jesus oferece a samaritana? Somente a fonte de água viva. A fonte que nunca secará, que te saciará até a vida eterna. Essa foi a única ajuda. Não se ofereceu alimento, cura… Somente apresentou aquilo que todos nós temos como bem maior. E essa é a essência. Muitos duvidam do poder de Deus e das palavras ditas em Seu nome. Acreditam que isso não pode salvar. Que se não houver algo em troca, isso não terá efeito. Ofereça aquilo que você tem de MELHOR, que é a fonte de água viva!

“E Jesus lhes disse: Eu sou o pão da vida; aquele que vem a mim não terá fome, e quem crê em mim nunca terá sede.” Jo 6:35

Abs,

Rodrigo Gomes (Tato)

Anúncios

Sobre Rodrigo Gomes

Um apaixonado por Jesus e que quer, cada vez mais, tornar-se semelhante a Ele. Buscando um coração justo e sincero, e o amor ao próximo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s