Vencendo_o_Mundo

“E, chamando outra vez a multidão, disse-lhes: Ouvi-me vós, todos, e compreendei. Nada há, fora do homem, que, entrando nele, o possa contaminar; mas o que sai dele isso é que contamina o homem. Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça.

Depois, quando deixou a multidão, e entrou em casa, os seus discípulos o interrogavam acerca desta parábola. E ele disse-lhes: Assim também vós estais sem entendimento? Não compreendeis que tudo o que de fora entra no homem não o pode contaminar, Porque não entra no seu coração, mas no ventre, e é lançado fora, ficando puras todas as comidas?

E dizia: O que sai do homem isso contamina o homem. Porque do interior do coração dos homens saem os maus pensamentos, os adultérios, as prostituições, os homicídios, Os furtos, a avareza, as maldades, o engano, a dissolução, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a loucura. Todos estes males procedem de dentro e contaminam o homem.” Mc 7:14-23

Algo que, por mais óbvio que pareça, me pegou de surpresa e me fez pensar, assim como muitos que o lerão e também se surpreenderão. TODOS os males surgem de nós mesmos. Jesus é categórico ao afirmar isso no versículo 20. “E dizia: O que sai do homem isso contamina o homem.”

Quantas vezes atribuimos muitos dos nossos erros a outras coisas ou situações da vida? E digo isso na primeira pessoa, NÓS, porque eu me incluo nesse grupo. E quem é o nosso alvo favorito? Claro, aquele que veio para roubar, matar e destruir. Mas, apesar de atribuirmos TODO o mal a ele, grande parte dos NOSSOS ERROS vêm de nós mesmos. Claro que o malígno fará de tudo para nos derrubar, mas o ensinamento bíblico é claro. “Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que não vos deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar.” I Co 10:13

Logo, tudo o que erramos não PODE ser atribuído em 100% ao inimigo. Sempre teremos a opção, por maior que seja a tentação, se fugir dela. Claro, não é fácil. Nossa carne muitas vezes vence o nosso espírito. Nosso instinto é pecador, pois nosso passado e nosso mundo nos ensinou assim. Mas temos que travar essa luta diária. “Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca.” Mt 26:36

Nossa condenação, de sermos por instinto pecadores, foi assinada ainda no princípio, no Jardim do Éden, por meio da tentação do malígno. Quanto a isso, não podemos fazer nada, somente vigiar e orar. Temos que buscar fortalecer cada vez mais nosso espírito e nossa aliança com Deus. Quanto mais próximo dEle, menos interessados pelos prazeres da carne nós estaremos. É possível vencer as tentações. Leiam LUCAS 4 e verão as tentações sofridas por Jesus no alto do monte. “Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.” Jo 16:33

Busquem mais e mais. Se acheguem a destra do Pai, assim como eu desejo e muitas vezes não busco como deveria. Lembrem-se que o Espírito Santo está ao nosso lado a todo instante, tanto quando o louvamos, tanto quanto o envergonhamos. Não veja o pecado como REGRA e sim como POSSIBILIDADE. Não estamos imunes ao erro, porém, quanto mais nos concentramos em não errar, mais caímos.

Abs,

Rodrigo Gomes (Tato)

Anúncios

Sobre Rodrigo Gomes

Um apaixonado por Jesus e que quer, cada vez mais, tornar-se semelhante a Ele. Buscando um coração justo e sincero, e o amor ao próximo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s