Para iniciar meu post de hoje, citarei uma frase do filme “O Todo Poderoso”, com Jim Carrey. No filme, o ator interpreta um jornalista recém-fracassado e culpa Deus por isso. Na seqüencia do longa, Deus “empresta” seus poderes para Carrey, dando a ele a responsabilidade de cuidar de sua vizinhança. Sem sucesso na sua tarefa, Carrey tem uma conversa com Deus, que lhe diz as seguintes palavras.

“O que você fez com a sopa [Abriu, como Moisés e o Mar Vermelho] não foi um milagre, foi um truque de mágica. Uma mãe solteira que trabalha em dois empregos e ainda acha tempo para levar o filho para treinar futebol, isso é um milagre. Um adolescente que diz não as drogas e sim a educação, isso é um milagre. As pessoas querem que eu faça tudo por elas, mas não se dão conta de que elas têm o poder. Você quer um milagre, filho? Seja um milagre! O problema de todo mundo é esperar que caia do céu.”

Quantas vezes fechamos os olhos para essa questão, não é verdade? Queremos atribuir tudo a Deus, esperar que ele faça tudo, sendo que o “poder” está nas nossas mãos. Reclamamos a ausência de Deus em algumas situações, sendo que nós somos os “representantes” dele aqui. Muitas vezes a “ausência” de Deus, foi a nossa própria ausência. O que esperavamos de Deus estava ao nosso alcance. Mas no lugar de fazer algo por isso, preferimos jogar a responsabilidade para o Pai.

Deus não se ausenta dessas situações. Assiste, com muita dor, acredito, a falha do ser humano. A vida é feita de escolhas, e estas são feitas por nós mesmos, não por Deus, que nos deu o livre arbítrio. O que VOCÊ tem feito para mudar a situação? Tem perguntado “Onde estava Deus naquela hora?”. Ele estava dentro de mim e de você. O que nos falta é VERGONHA NA CARA para começarmos a tomar uma atitude e levar o que temos dentro de nós para as pessoas que precisam. A responsabilidade de levar Deus as pessoas e evitar certas situações bárbaras é NOSSA. Não podemos, apesar de fazê-lo com freqüência, atribuir essa função a Deus.

Qual seria nossa utilidade nesse Mundo, que jaz do malígno, senão a tentativa de salvar o perdido? Nenhuma. Então, segundo nosso pensamento, poderiamos estar junto ao coral de anjos no Santo dos Santos. Mas, não. Nossa responsabilidade aqui ainda é muito grande. Ainda não combatemos o bom combate, como fez Paulo. Porém muitos já querem acabar a carreira e guardar a fé, como ele fez. Não espere que tudo caia do céu. Faça sua parte e SEJA um milagre!

Abs,

Rodrigo Gomes (Tato)

Anúncios

Sobre Rodrigo Gomes

Um apaixonado por Jesus e que quer, cada vez mais, tornar-se semelhante a Ele. Buscando um coração justo e sincero, e o amor ao próximo.

Uma resposta »

  1. alessandra disse:

    Olá, meu nome é Alessandra trabalho com sua mãe, adorei a mensagem é bem assim mesmo é muito mais facil a gente jogar nossas frustações em alguém ainda mais em Deus, como se ele fosse culpado das nossas ações e decisões.
    Fica com Deus e continue assim

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s