“Aprendei, pois, esta parábola da figueira: Quando já os seus ramos se tornam tenros e brotam folhas, sabeis que está próximo o verão. Igualmente, quando virdes todas estas coisas, sabei que ele está próximo, às portas. Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas estas coisas aconteçam. Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas estas coisas aconteçam. Mas daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos do céu, mas unicamente meu Pai. E, como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem.” Mt 24:32-37

Tsunamis, maremotos, terremotos, furacões, aquecimento exagerado. Pais matando filhos, filhos matando pais. Sinais não faltam da volta do Pai para buscar o Teu povo. Não restam dúvidas. Muitos acham que isso é apenas uma coincidência, mas, além de ser uma reação da natureza, são coisas já previstas biblicamente.

“Porque haverá então grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco há de haver. E, se aqueles dias não fossem abreviados, nenhuma carne se salvaria; mas por causa dos escolhidos serão abreviados aqueles dias.” Mt 24:21-22

Quando Ele diz “estas coisas” nos versículos 33 e 34, somos alertados, dentre outras, quanto ao surgimento de falsos profetas, coisas que já podemos ver hoje em dia, e dos falsos cristos que aparecerão. Os dias serão de luta, mas, principalmente, de desanimo dos escolhidos em ver o que se tornou o evangelho de Cristo. Este é o que mais me assusta, e o que me afetará com mais intensidade.

“Então, se alguém vos disser: Eis que o Cristo está aqui, ou ali, não lhe deis crédito; Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos. Eis que eu vo-lo tenho predito.” Mt 24:23-25

“Nesse tempo muitos serão escandalizados, e trair-se-ão uns aos outros, e uns aos outros se odiarão. E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos. E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará.” Mt 24:10-12

Estamos vivendo dias difíceis em todos os sentidos, porém, isso é algo que devemos esperar e, infelizmente, a tendência é piorar. Porém, o Pai nos deixa a esperança já no versículo após “o amor de muitos se esfriará”.

“Mas aquele que perseverar até ao fim será salvo” Mt 24:13

Então amados, é tempo de crescer em intimidade. É tempo de perseverança. É tempo de voltar ao primeiro amor. É tempo de realização de obras. É tempo de espalhar o nome de Cristo a todos. É tempo de entrega total ao Pai. Sua volta está próxima, muito próxima. Faça aquilo que Ele deseja que façamos. Vamos viver o verdadeiro evangelho. Se você já o faz, intensifique. Se não, é hora de começar, antes que não dê mais tempo…

Abs,

Rodrigo Gomes

Anúncios

Sobre Rodrigo Gomes

Um apaixonado por Jesus e que quer, cada vez mais, tornar-se semelhante a Ele. Buscando um coração justo e sincero, e o amor ao próximo.

Uma resposta »

  1. Herika Pita disse:

    Bencao!!! Parabens pelo texto. Muito importante e claro, tudo qu vem da Palavra da Sabedoria, e real e sera realidade nesta Geracao.

    A Paz do nosso Senhor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s