Um novo fenômeno tomou conta das igrejas de uma forma geral. As igrejas têm se tornado quase unica e exclusivamente um centro de curas, sejam elas reais ou não. Não quero discutir aqui a veracidade das curas que são ‘vendidas’ com uma intensidade assustadora, mas sim o quão isso se tornou absurdamente essencial em qualquer instuição que se entitule como Igreja Evangélica.

Tomando como base o que se vê de evangelho na TV, que sempre será tomado como base, pois é aquele com maior exposição, logo, o mais consumido, posso afirmar que quase todos os ministérios têm como base o apelo pela cura, ou senão pelas bençãos. Deus de milagres, Deus de vitória. E isso trás reflexos em todos aqueles que os consome: Nós, evangélicos.

Conversando com uma amiga, evangélica e recém convertida, conversávamos sobre uma terceira pessoa, ainda não evangélica e que tinha atitudes que não nos agradavam. Por essa minha amiga ser mais próxima dessa pessoa, sugeri que ela a trouxesse para a Igreja. Sabe qual foi a sua resposta? Que essa pessoa não tinha problemas, por isso não sabia como fazer isso.

Isso me assusta. A visão de uma recém convertida é essa? Que a Igreja é unica e exclusivamente uma solução para problemas? Pois é… Mas eu não a julgo. É isso que se ensina em todos os lugares: ‘Venha buscar o seu milagre’, ‘Venha buscar a sua cura’. Deus de milagres, Deus de vitória.

O meu Deus faz isso. Porém, ele não é só isso. Meu Deus não é um Deus curandeiro, que tem como única utilidade resolver os meus problemas, e muitas vezes usando métodos dos curandeiros, como banho de sal grosso. Não! Esse não é o meu Deus! O meu Deus é um Deus de milagres, um Deus de vitória. Mas é também um Deus de amor, um Deus de renovo de vida, um Deus acolhedor, um Deus justo e um Deus Pai. Em principal esse último. Um Pai que cuida, ama, chama pra perto, que carece de carinho do filho e que o ama incondicionalmente, e, por amá-lo tanto, nem sempre atende aos seus anseios, pois sabe o que é melhor para seu filho amado.

Esse é o meu Deus. Escolha o seu.

Abs,

Rodrigo Gomes (Tato)

Anúncios

Sobre Rodrigo Gomes

Um apaixonado por Jesus e que quer, cada vez mais, tornar-se semelhante a Ele. Buscando um coração justo e sincero, e o amor ao próximo.

»

  1. Anne disse:

    ADOREEEEEEEEI RÔ!
    Você realmente sabe se expressar através dos posts que coloca aqui.
    Realmente se pararmos para pensar mesmo, veremos que tudo isso é um fato!
    Eu escolhi o meu Deus, que não tem como obrigação somente resolver meus problemas. Escolhi Deus para entrar na minha vida justamente para que eu possa alcançar e reconhecer o verdadeiro amor que só Ele pode nos dar.
    Que Deus abençoe sua vida. Eu amo voce ♥

  2. Rafael Monteiro disse:

    Perfeitas são as palavras de Deus na boca de um profeta. Que Deus abenções sua vida sempre, e continue sempre com essa vontade de passar o que Deus coloca em seu coração,isso pois creio que através de ti muitos servirão a Cristo.

    Abraços manooo !!!

  3. Silvia disse:

    O caso é muito relativo, mas levando em consideração que grande maioria das pessoas recém convertidas, acontecem de fato isso.

    No meu caso me converti há 8 meses. Fui 24 anos da minha vida budista e sinceramente nao tive motivos de força maior que pudessem sair dessa religião que considero uma das mais maravilhosas. Mas posso dizer com total certeza que o que me fez mudar para a religião cristã foi a comunhão. Uma igreja, apenas uma igreja eu senti o amor de comunhão e me fez sentir primeira vez em casa. Eu fui em quase praticamente as mais conhecidas e não gostei de nenhuma pelo fato de focarem na cura e falar mal s[o de diabo. Diabo aqui e diabo lá…gente! Deixa ele de lado e pensem em comunhão!! Amor!!.

    Acredito plenamente que o amor ao próximo nos faz tornar mais crentes e discípulos de Cristo Jesus. Jesus aprendeu amar os fracos e oprimidos, curou? Sim claro, mas ele não fez isso, ele faz muita coisa e acabo percebendo o qto as pessoas esquecem qdo faz algo seja bom ou seja ruim.

    “O que eu faria se fosse Jesus?” Eu só curo?..

    Parabens pelo blog. Maravilhoso!

  4. Ivan Lucas disse:

    SALVE ‘TATO’!

    Ainda bem que ainda hoje existem pessoas comprometidas em conhecer a Deus e fazê-lo conhecido, não por ambição ou obrigação, mas por amor.Esteja a cada dia mais buscando ao Senhor e em nenhum momento se envergonhe de SEGUIR A CRUZ. Vale apena, com cereja. hahaha

    No amor de Cristo,
    IL.

  5. […] Volto a colocar algo vindo do André Ferraz, já que conversei com ele e ele me disse que as coisas estavam voltando ao normal. Essa foi a resposta que ele me mandou por e-mail, referente ao meu último post “Deus de Milagres”. […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s