“E veio a palavra do SENHOR a Jonas, filho de Amitai, dizendo: Levanta-te, vai à grande cidade de Nínive, e clama contra ela, porque a sua malícia subiu até à minha presença. Porém, Jonas se levantou para fugir da presença do SENHOR para Társis. E descendo a Jope, achou um navio que ia para Társis; pagou, pois, a sua passagem, e desceu para dentro dele, para ir com eles para Társis, para longe da presença do SENHOR. Mas o SENHOR mandou ao mar um grande vento, e fez-se no mar uma forte tempestade, e o navio estava a ponto de quebrar-se.

Então temeram os marinheiros, e clamavam cada um ao seu deus, e lançaram ao mar as cargas, que estavam no navio, para o aliviarem do seu peso; Jonas, porém, desceu ao porão do navio, e, tendo-se deitado, dormia um profundo sono. E o mestre do navio chegou-se a ele, e disse-lhe: Que tens, dorminhoco? Levanta-te, clama ao teu Deus; talvez assim ele se lembre de nós para que não pereçamos.

E diziam cada um ao seu companheiro: Vinde, e lancemos sortes, para que saibamos por que causa nos sobreveio este mal. E lançaram sortes, e a sorte caiu sobre Jonas.

Então lhe disseram: Declara-nos tu agora, por causa de quem nos sobreveio este mal. Que ocupação é a tua? Donde vens? Qual é a tua terra? E de que povo és tu?

E ele lhes disse: Eu sou hebreu, e temo ao SENHOR, o Deus do céu, que fez o mar e a terra seca.

Então estes homens se encheram de grande temor, e disseram-lhe: Por que fizeste tu isto? Pois sabiam os homens que fugia da presença do SENHOR, porque ele lho tinha declarado.

E disseram-lhe: Que te faremos nós, para que o mar se nos acalme? Porque o mar ia se tornando cada vez mais tempestuoso.

E ele lhes disse: Levantai-me, e lançai-me ao mar, e o mar se vos aquietará; porque eu sei que por minha causa vos sobreveio esta grande tempestade.

Entretanto, os homens remavam, para fazer voltar o navio à terra, mas não podiam, porquanto o mar se ia embravecendo cada vez mais contra eles. Então clamaram ao SENHOR, e disseram: Ah, SENHOR! Nós te rogamos, que não pereçamos por causa da alma deste homem, e que não ponhas sobre nós o sangue inocente; porque tu, SENHOR, fizeste como te aprouve.

E levantaram a Jonas, e o lançaram ao mar, e cessou o mar da sua fúria.”

Jonas 1:1-15

O resto da história de Jonas todos conhecem. Se não, leiam o livro de Jonas, pois é curto. Mas usarei esta parte da história para passar a idéia do post.

Quanta coisa pode se aprender em apenas 15 versículos. A primeira delas nos mostra o quanto fugimos de Deus em diversas situações. Ou o quanto tentamos fugir da presença d’Ele. Todos os dias somos colocados a prova, encarando situações em que deveríamos colocar Deus à frente. Porém, na enorme maioria das vezes, deixamos essa oportunidade passar. Mesmo com o Espírito Santo nos incomodando, nos dizendo o que fazer, nós fugimos de Deus. Preferimos nos esconder, fingir que não é conosco, ignorar, mesmo que aquilo martele a sua cabeça e te diga para voltar. Isso se assemelha ou não com a sua realidade? Infelizmente, com a minha, sim.

Isso ainda é um pequeno contexto em que a história pode ser adequada. Imagine agora essa mesma situação quando fugimos do nosso chamado, como fez Jonas. Tentamos evitar o inevitável. Tentamos nos esconder de Deus, mesmo sabendo da sua onipresença. Sabemos da sua grandeza, do seu poder e mesmo assim fugimos. Quantas vezes somos apenas um bando de crianças covardes quando o assunto é o nosso chamado? Gostamos de agir como “gente grande” em quase todos os assuntos de nossa vida, mas quando falamos de chamado, o discurso é quase unânime: “Ainda é cedo…”, “Não é a minha hora…”, “Eu não estou pronto…”. Não há mais tempo para as crianças covardes. Deus procura homens e mulheres dispostos a cumprir o chamado. Seja um destes!

Outra lição que tomamos destes versos é que por muitas vezes nos falta sabedoria e sensibilidade para perceber as coisas de Deus. Os outros marinheiros, pagãos, mesmo não tendo a sensibilidade que Jonas deveria ter, percebem que a tempestade que se formara não era normal. Por isso, começam a clamar aos seus deuses. Enquanto isso, Jonas dorme profundamente. Consegue perceber a ligação com a nossa realidade? Outra vez nos identificamos com Jonas. Por vezes a tempestade é forte, a luta é grande e nós, que temos a luz de Deus, não fazemos nada. Simplesmente fechamos os olhos e literalmente dormimos. Ignoramos totalmente a realidade a nossa volta, mesmo que esta clame pela nossa atenção. E pior: as pedras clamam! Como na história de Jonas, aqueles que não conhecem a verdade fazem o nosso trabalho.

E por último, mas não menos importante, vemos Jonas pedindo para ser lançado ao mar, o último ato desesperado para fugir da presença de Deus e para acalmar a tempestade. E a partir desse momento é que Jonas ganha a sua segunda chance. Mesmo que este não seja o contexto, vejo esse final como uma outra grande lição. É no momento em que abrimos mão de tudo, até mesmo de nossa própria vida, que Deus nos dá a oportunidade de começar de novo. O ato desesperado de Jonas foi impensado e até errado, mas não fosse por isso, talvez a história fosse outra. Quando abrimos mão de tudo, Deus começa a agir.

Portanto, não espere até que a sua situação esteja tão desesperadora quanto a de Jonas. Não espere pela segunda chance. Não tente se esconder ou fugir de Deus. Ele sempre estará lá, independente de onde você esteja. Mesmo que seja no ventre de um grande peixe. Cumpra o chamado, viva o evangelho. A hora é agora. Nem sempre teremos uma segunda chance.

Abs,

Rodrigo Gomes (Tato)

Anúncios

Sobre Rodrigo Gomes

Um apaixonado por Jesus e que quer, cada vez mais, tornar-se semelhante a Ele. Buscando um coração justo e sincero, e o amor ao próximo.

»

  1. Jackeline disse:

    Olá Rodrigo!

    Eu sempre ansiei o momento que Deus me chamaria para o que realmente o meu coração arde, é incrível: como amar um povo que vc nem conhece? como sentir a dor de quem vc nunca viu?… eu sei que não é necessário ir tão longe para amar e ajudar o próx., pois em todo lugar há pessoas que precisam, e eu tbm as amo e tento fazer algo que elas compreendam que Jesus as ama e não as esqueceu, porém nosso coração sempre quer mais, ir a um povo mais carente, mais distante, com situações mais precárias… porém para tudo na vida há um tempo… e eu entendi que Ele estava trabalhando meu caráter para depois me levar ao campo (isso tornou-se mais visivel a partir do momento que comecei a trabalhar no hospital). Mas o adversário de nossas almas é sujo e sabe os nossos pontos positivos e negativos, ele sabe quais os nossos sonhos, e pode preparar certas ciladas que é necessários estarmos firmados em Deus para discernir o que é e o que não é dele.
    Nos últimos dias vivenciei situações, eu diria um tanto ‘sinistras’, eu simplesmente queria fazer um cursinho para vestibular, fui aprovada no processo seletivo e passei para a prox. e última etapa, porém não tinha certeza se era isso que eu realmente queria, ai decidi não ir a entrevista, mas como o pessoal do cursinho entrou em contato comigo eu fui, chegando lá conheci o dono da Instituição, a principio simpático, um homem de bem, enquanto a moça achava minha ficha, conversei com ele sobre meu grande sonho e sobre minhas ultimas experiências vivenciadas na área da saúde, porém a moça encontrou minha ficha então quando ia me despedir ele disse que eu passasse na cozinha antes de ir embora, após a entrevista, fui até a cozinha, chegando lá ele falava com várias pessoas, envolta de um fogão industrial, enquanto isso eu conversava com uma senhora, com um ar de desconfiada, então eu disse que o tal moço queria conversar comigo, ela contou-me do projeto que eles tinham de ajudar as pessoas cujo único tratamento aos olhos da medicina eram paliativos, e acrescentou que só utilizavam medicamentos fitoterápicos, achei muito interessante, confesso que fiquei encantada, porém algo era estranho, ela me convidou para entrar e ele pediu que eu ficasse, bom entrei meio sem jeito e só observei, ele dizia palavras muito bonitas… falava em Deus, Jesus, amor, energias, alegrias, não pregava religião… leu dois livros, mas não deixou eu ver a capa, mas assim que ele virou para esconder eu vi algo escrito,porém só sei que terminava com espiritos, estava demasiadamente confusa, eles até oraram o Pai Nosso, oraram como nós oramos, e após isto, ele solicitou que 4 moços buscassem as panelas, para darem inicio a preparação do fitoterapico, e me chamou para conversar, me contou tudo o que a senhorinha havia me contado, achei interessante e bonito o trabalho, mas o fato dos espiritos, das panelas, de alguns modos de se expressar me faziam recuar… eu disse que achava que voltaria e os ajudaria assim que possível e vim embora, pensativa, muito pensativa… vc consegue compreender como Deus nos coloca em situações, para aprendermos a diferenciar o bem e o mal, o certo e o errado! O inimigo conhece nossos sonhos, sabe nosso potencial, quer nossa destruição… será que ele está tentado tragar a minha alma com essa tentação, pois ele sabe o quanto gosto de contribuir e ajudar a sociedade, porém ele esqueceu que eu quero fazer tudo isso sim, mas para glorificar e exaltar o nome do Senhor e Salvador JESUS CRISTO, levando além de uma cura fisica, uma cura espiritual a palavra do Senhor Jesus Cristo… ou será que Deus tem um propósito comigo naquele lugar, estaria Deus me usando para que através do meu exemplo aquelas vidas venham ter ciência da verdade e entender que o que Deus dá é eterno e Ele sim pode todas as coisas, enquanto o inimigo vem com pratos tentadores e a principio uma oferta espetacular, mas depois que vc pegou a isca ele te destroi e te deixa no pó… não sei ao certo, mas sei que Deus tem um propósito com isso, estou orando, jejuando, conversando com Papaiii, porém as vezes teho medo, não sei muita coisa sobre a biblia, estudos, sei que preciso fortalecer minha estrutura, adquirir conhecimento, em relaçãoa seitas e heresias sei muito pouco, estou levantado algumas pesquisas, mas sei que é insuficiente… as vezes da vontade de ignorar o fato, mas não consigo qndo penso que tantas vidas estão sendo iludidas com uma aparentemente doce e ilusória verdade – gostaria bastante de saber se vc pode me ajudar nesses estudos, se tem algum material sobre o mesmo, se conhece alguém que ja passou por isso, não sei… não tenho muito em quem confiar e contar essas situações, somente Jesus e meus pais, os amigos que se dizem amigos não entendem, pois essa guerra não é contra carne e sangue, mas sim contra potestades e principados… espero que possa me ajudar de alguma forma! God bless you!!

    Obs.: o mais incrivel é como Deus nos coloca nos lugares certos e nas horas certas sempre com um propósito… a procura de alguns estudos me aparece um blog, a principio a gente não confia tanto, mas ao ler o conteúdo, algo me chamou a atenção, e as palavras tinham coerência…

    Att;
    Jackeline Vasques.O

  2. Jackeline disse:

    Olá Rodrigo!

    Eu sempre ansiei o momento que Deus me chamaria para o que realmente o meu coração arde, é incrível: como amar um povo que vc nem conhece? como sentir a dor de quem vc nunca viu?… eu sei que não é necessário ir tão longe para amar e ajudar o próx., pois em todo lugar há pessoas que precisam, e eu tbm as amo e tento fazer algo que elas compreendam que Jesus as ama e não as esqueceu, porém nosso coração sempre quer mais, ir a um povo mais carente, mais distante, com situações mais precárias… porém para tudo na vida há um tempo… e eu entendi que Ele estava trabalhando meu caráter para depois me levar ao campo (isso tornou-se mais visivel a partir do momento que comecei a trabalhar no hospital). Mas o adversário de nossas almas é sujo e sabe os nossos pontos positivos e negativos, ele sabe quais os nossos sonhos, e pode preparar certas ciladas que é necessários estarmos firmados em Deus para discernir o que é e o que não é dele.
    Nos últimos dias vivenciei situações, eu diria um tanto ‘sinistras’, eu simplesmente queria fazer um cursinho para vestibular, fui aprovada no processo seletivo e passei para a prox. e última etapa, porém não tinha certeza se era isso que eu realmente queria, ai decidi não ir a entrevista, mas como o pessoal do cursinho entrou em contato comigo eu fui, chegando lá conheci o dono da Instituição, a principio simpático, um homem de bem, enquanto a moça achava minha ficha, conversei com ele sobre meu grande sonho e sobre minhas ultimas experiências vivenciadas na área da saúde, porém a moça encontrou minha ficha então quando ia me despedir ele disse que eu passasse na cozinha antes de ir embora, após a entrevista, fui até a cozinha, chegando lá ele falava com várias pessoas, envolta de um fogão industrial, enquanto isso eu conversava com uma senhora, com um ar de desconfiada, então eu disse que o tal moço queria conversar comigo, ela contou-me do projeto que eles tinham de ajudar as pessoas cujo único tratamento aos olhos da medicina eram paliativos, e acrescentou que só utilizavam medicamentos fitoterápicos, achei muito interessante, confesso que fiquei encantada, porém algo era estranho, ela me convidou para entrar e ele pediu que eu ficasse, bom entrei meio sem jeito e só observei, ele dizia palavras muito bonitas… falava em Deus, Jesus, amor, energias, alegrias, não pregava religião… leu dois livros, mas não deixou eu ver a capa, mas assim que ele virou para esconder eu vi algo escrito,porém só sei que terminava com espiritos, estava demasiadamente confusa, eles até oraram o Pai Nosso, oraram como nós oramos, e após isto, ele solicitou que 4 moços buscassem as panelas, para darem inicio a preparação do fitoterapico, e me chamou para conversar, me contou tudo o que a senhorinha havia me contado, achei interessante e bonito o trabalho, mas o fato dos espiritos, das panelas, de alguns modos de se expressar me faziam recuar… eu disse que achava que voltaria e os ajudaria assim que possível e vim embora, pensativa, muito pensativa… vc consegue compreender como Deus nos coloca em situações, para aprendermos a diferenciar o bem e o mal, o certo e o errado! O inimigo conhece nossos sonhos, sabe nosso potencial, quer nossa destruição… será que ele está tentado tragar a minha alma com essa tentação, pois ele sabe o quanto gosto de contribuir e ajudar a sociedade, porém ele esqueceu que eu quero fazer tudo isso sim, mas para glorificar e exaltar o nome do Senhor e Salvador JESUS CRISTO, levando além de uma cura fisica, uma cura espiritual a palavra do Senhor Jesus Cristo… ou será que Deus tem um propósito comigo naquele lugar, estaria Deus me usando para que através do meu exemplo aquelas vidas venham ter ciência da verdade e entender que o que Deus dá é eterno e Ele sim pode todas as coisas, enquanto o inimigo vem com pratos tentadores e a principio uma oferta espetacular, mas depois que vc pegou a isca ele te destroi e te deixa no pó… não sei ao certo, mas sei que Deus tem um propósito com isso, estou orando, jejuando, conversando com Papaiii, porém as vezes teho medo, não sei muita coisa sobre a biblia, estudos, sei que preciso fortalecer minha estrutura, adquirir conhecimento, em relaçãoa seitas e heresias sei muito pouco, estou levantado algumas pesquisas, mas sei que é insuficiente… as vezes da vontade de ignorar o fato, mas não consigo qndo penso que tantas vidas estão sendo iludidas com uma aparentemente doce e ilusória verdade – gostaria bastante de saber se vc pode me ajudar nesses estudos, se tem algum material sobre o mesmo, se conhece alguém que ja passou por isso, não sei… não tenho muito em quem confiar e contar essas situações, somente Jesus e meus pais, os amigos que se dizem amigos não entendem, pois essa guerra não é contra carne e sangue, mas sim contra potestades e principados… espero que possa me ajudar de alguma forma! God bless you!!

    Obs.: o mais incrivel é como Deus nos coloca nos lugares certos e nas horas certas sempre com um propósito… a procura de alguns estudos me aparece um blog, a principio a gente não confia tanto, mas ao ler o conteúdo, algo me chamou a atenção, e as palavras tinham coerência…

    Att;
    Jackeline Vasques.

  3. Jackeline disse:

    Olá Rodrigo!

    Eu sempre ansiei o momento que Deus me chamaria para o que realmente o meu coração arde, é incrível: como amar um povo que vc nem conhece? como sentir a dor de quem vc nunca viu?… eu sei que não é necessário ir tão longe para amar e ajudar o próx., pois em todo lugar há pessoas que precisam, e eu tbm as amo e tento fazer algo que elas compreendam que Jesus as ama e não as esqueceu, porém nosso coração sempre quer mais, ir a um povo mais carente, mais distante, com situações mais precárias… porém para tudo na vida há um tempo… e eu entendi que Ele estava trabalhando meu caráter para depois me levar ao campo (isso tornou-se mais visivel a partir do momento que comecei a trabalhar no hospital). Mas o adversário de nossas almas é sujo e sabe os nossos pontos positivos e negativos, ele sabe quais os nossos sonhos, e pode preparar certas ciladas que é necessários estarmos firmados em Deus para discernir o que é e o que não é dele.
    Nos últimos dias vivenciei situações, eu diria um tanto ‘sinistras’, eu simplesmente queria fazer um cursinho para vestibular, fui aprovada no processo seletivo e passei para a prox. e última etapa, porém não tinha certeza se era isso que eu realmente queria, ai decidi não ir a entrevista, mas como o pessoal do cursinho entrou em contato comigo eu fui, chegando lá conheci o dono da Instituição, a principio simpático, um homem de bem, enquanto a moça achava minha ficha, conversei com ele sobre meu grande sonho e sobre minhas ultimas experiências vivenciadas na área da saúde, porém a moça encontrou minha ficha então quando ia me despedir ele disse que eu passasse na cozinha antes de ir embora, após a entrevista, fui até a cozinha, chegando lá ele falava com várias pessoas, envolta de um fogão industrial, enquanto isso eu conversava com uma senhora, com um ar de desconfiada, então eu disse que o tal moço queria conversar comigo, ela contou-me do projeto que eles tinham de ajudar as pessoas cujo único tratamento aos olhos da medicina eram paliativos, e acrescentou que só utilizavam medicamentos fitoterápicos, achei muito interessante, confesso que fiquei encantada, porém algo era estranho, ela me convidou para entrar e ele pediu que eu ficasse, bom entrei meio sem jeito e só observei, ele dizia palavras muito bonitas… falava em Deus, Jesus, amor, energias, alegrias, não pregava religião… leu dois livros, mas não deixou eu ver a capa, mas assim que ele virou para esconder eu vi algo escrito,porém só sei que terminava com espiritos, estava demasiadamente confusa, eles até oraram o Pai Nosso, oraram como nós oramos, e após isto, ele solicitou que 4 moços buscassem as panelas, para darem inicio a preparação do fitoterapico, e me chamou para conversar, me contou tudo o que a senhorinha havia me contado, achei interessante e bonito o trabalho, mas o fato dos espiritos, das panelas, de alguns modos de se expressar me faziam recuar… eu disse que achava que voltaria e os ajudaria assim que possível e vim embora, pensativa, muito pensativa… vc consegue compreender como Deus nos coloca em situações, para aprendermos a diferenciar o bem e o mal, o certo e o errado! O inimigo conhece nossos sonhos, sabe nosso potencial, quer nossa destruição… será que ele está tentado tragar a minha alma com essa tentação, pois ele sabe o quanto gosto de contribuir e ajudar a sociedade, porém ele esqueceu que eu quero fazer tudo isso sim, mas para glorificar e exaltar o nome do Senhor e Salvador JESUS CRISTO, levando além de uma cura fisica, uma cura espiritual a palavra do Senhor Jesus Cristo… ou será que Deus tem um propósito comigo naquele lugar, estaria Deus me usando para que através do meu exemplo aquelas vidas venham ter ciência da verdade e entender que o que Deus dá é eterno e Ele sim pode todas as coisas, enquanto o inimigo vem com pratos tentadores e a principio uma oferta espetacular, mas depois que vc pegou a isca ele te destroi e te deixa no pó… não sei ao certo, mas sei que Deus tem um propósito com isso, estou orando, jejuando, conversando com Papaiii, porém as vezes teho medo, não sei muita coisa sobre a biblia, estudos, sei que preciso fortalecer minha estrutura, adquirir conhecimento, em relaçãoa seitas e heresias sei muito pouco, estou levantado algumas pesquisas, mas sei que é insuficiente… as vezes da vontade de ignorar o fato, mas não consigo qndo penso que tantas vidas estão sendo iludidas com uma aparentemente doce e ilusória verdade – gostaria bastante de saber se vc pode me ajudar nesses estudos, se tem algum material sobre o mesmo, se conhece alguém que ja passou por isso, não sei… não tenho muito em quem confiar e contar essas situações, somente Jesus e meus pais, os amigos que se dizem amigos não entendem, pois essa guerra não é contra carne e sangue, mas sim contra potestades e principados… espero que possa me ajudar de alguma forma! God bless you!!

    Att;
    Jackeline Vasques.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s